Novo empreendimento da VitaUrbana na Vila Madalena resgata a tradição local de bairro cult e ligado às artes e à cultura.

Portaria - Nurban Vila Madalena

Entre os que já compraram, 95% conhecem muito bem a Vila Madalena, e 80% realizaram a compra como investimento, mas já pensam em morar no edifício

 

Incorporadora que se destaca por projetos de perfil contemporâneo, para um público jovem e que busca uma vida mais inteligente, a VitaUrbana leva a sua marca Nurban para um dos bairros mais desejados de São Paulo, a Vila Madalena, com um projeto que resgata a tradição de bairro cult e ligado à cultura e ao entretenimento. O novo Nurban Vila Madalena já começou a ser erguido na rua Harmonia, e a previsão é que o projeto seja concluído em dezembro de 2024.

 

Com 60% das unidades vendidas, o empreendimento vem atraindo pessoas que tem um forte vínculo com o bairro, que conhecem a Vila Madalena e querem investir ou morar na região. “A Vila Madalena tornou-se um dos locais mais desejados de São Paulo para morar, e nós decidimos desenvolver um projeto que tem a cara do bairro, que resgata a sua tradição ligada às artes, ao design e ao estilo descolado de viver”, conta Juan Galan, sócio da VitaUrbana. 

 

A primeira iniciativa da VitaUrbana, para promover o estilo de bairro ligado ao grafite e à cultura contemporânea, é a revitalização da escadaria Tim Maia, que liga a rua Pedro Ortiz à rua Harmonia, onde o edifício será construído. A proposta, ainda sob aprovação da subprefeitura, prevê a readequação do passeio com acessibilidade e a criação de um espaço de convivência com paisagismo. 

 

Esta é uma ação de gentileza urbana para a cidade realizada pela VitaUrbana com o objetivo de conectar seus empreendimentos ao que os bairros têm a oferecer.

 

“Queremos agregar mais um espaço de convívio ao bairro, assim como representar facilidade e conveniência para os moradores”, observa Galan, ao destacar que a VitaUrbana tem, como um de seus objetivos, deixar um legado para a cidade.

 

Ele conta que, entre as pessoas que já compraram um dos studios da VitaUrbana, 95% conhecem muito a região e costumam consumir tudo o que o bairro oferece em termos de comércio e serviços, e 80% fizeram a aquisição como investimento, de olho na alta valorização imobiliária da Vila Madalena. Contudo, um quarto deles já avalia a possibilidade de morar no empreendimento, devido aos atrativos do projeto e do bairro.

 

Com uma fachada contemporânea, que privilegia uma arquitetura moderna, sua proposta de cores alia o contexto do bairro diverso e plural representada pela arte, música e boemia. Com Studios, 01 dormitório e duplex, sua proposta atende diferentes públicos e estilos. As unidades duplex são um dos diferenciais, uma tendência observada no desenvolvimento do projeto em que moradores querem ambientes cada vez mais compactos sem perder amplitude e aconchego.  

 

O prédio será erguido em um terreno de 443 m² e terá 13 andares, além da área térrea. A infraestrutura inclui rooftop, spa, sauna, piscina, academia, yoga place, churrasqueira, praça da fogueira, coworking, mercadinho 24h e sala de jantar, além de lavanderia e bicicletário. 

 

O sócio da VitaUrbana lembra que a Vila Madalena é uma das áreas com mais alto potencial de valorização imobiliária da cidade de São Paulo. “É um bairro que alia modernidade e qualidade de vida, com projetos novos convivendo com a característica de bairro alternativo, com ruas tranquilas e arborizadas, habitado por pessoas ligadas às artes, à moda, ao design e à gastronomia, e também profissionais que trabalham nas startups e empresas da nova economia que se instalaram na região”, observa Galan. “São fatores que, associados às opções de mobilidade – com inúmeros terminais de ônibus e metrô -, à ampla oferta de serviços e comércio, e à segurança do bairro, garantem um IDH muito elevado e uma boa valorização imobiliária”.

 

Outro grande diferencial é o modelo de vendas da VitaUrbana. “O fluxo de pagamento é muito atrativo, pois um cliente com renda média mensal de até dez salários mínimos consegue financiar seu imóvel diretamente com a Caixa, com entrada reduzida”, destaca André Kovari, também sócio da incorporadora VitaUrbana.

 

Trata-se de uma operação no formato de crédito associativo, já operado pela VitaUrbana em outros empreendimentos, e no qual o cliente recebe a simulação de montante a ser financiado e dos juros a serem pagos no momento da análise de seu crédito, antes mesmo do início das obras, tornando a compra mais segura.

 

Sobre a VitaUrbana

Fundada em 2017, a VitaUrbana é uma incorporadora que nasceu da vontade de seus cinco sócios de construir imóveis compactos, funcionais, atraentes, nos bairros mais desejados de São Paulo (SP), a preços bastante acessíveis, para um público jovem e adulto, que privilegia a mobilidade e o bem-estar.  A inteligência aplicada ao negócio da VitaUrbana tem permitido à incorporadora oferecer imóveis cujo custo do metro quadrado situa-se bem abaixo da média de mercado. Com a entrega do Nurban, a empresa iniciou o seu ciclo de realizações com outros quatro lançamentos nos bairros de Vila Mariana, Vila Madalena, Santa Cecília e Vila Clementino, e projeta outros dez projetos até 2025, com um VGV estimado de R$ 523,8 milhões.  

 

Informações à imprensa VitaUrbana:

GPCOM Comunicação Corporativa 

Murillo Senne – murillo@gpcom.com.br (11) 98223-9260 

Débora Ferreira – deboraferreira@gpcom.com.br (11) 98205-4797 

(11) 3129-5158

ASSINE NOSSA NEWSLETTER!

0
Would love your thoughts, please comment.x